Skip navigation

O texto objetiva investigar a prática dos potentados locais da comarca de Vila Rica de utilizar escravos armados em variadas situações em que prestavam serviços ao Monarca português em busca de mercês régias. Neste sentido analisaremos como, através do emprego de negociações e reciprocidades entre potentados e seus escravos, os primeiros conseguiam aquisição e manutenção de seu poder de mando; e, ao mesmo tempo, que tipos de benefícios e ganhos os escravos podiam adquirir com estas interações.

http://www.almanack.usp.br/PDFS/8/08_Artigo_01.pdf

Continuando a temática do txt anterior, deixo um texto do Clovis Moura apresentado originalmente  no IIº Congresso de Cultura Negra das Américas realizado na cidade do Panamá  março de 1980.

Neste txt o autor irá tratar de forma muito clara que o negro não era aquela tábula rasa dando voltas em torno da casa grande além disso irá denunciar como os processos metodológicos enfiezados como o marxismo contribui para isto ou seja a questão do negro é mais que uma simples questão de classe. Assim como processos de branqueamento, o mito da democracia racial estritamente ligado a construção do homem cordial dentro outras complexidades normalizadas pelas história….

http://www.afroasia.ufba.br/pdf/afroasia_n14_p124.pdf

 

 

 Para começar segue o link de um texto do João José Reis de 1983 sobre a resistência escrava na Bahia e o mito da submissão dos escravos frente a suas condições.

  http://www.afroasia.ufba.br/pdf/afroasia_n14_p107.pdf